Pinus- Parte 2

Então porque a nossa madeira não é tão boa assim? A primeira coisa que aqui essa tipo de madeira chega a crescer até dez vezes mais rápido do que no seu país de origem, chegou a crescer pois o coelho chega a crescer mais de dois centímetros por ano com isso o que nós temos uma madeira que é menos densa – ou seja a fibra acaba abrindo mais você tem anéis de

crescimento mas espaçados com isso nós temos uma madeira que enpena mais, nós temos uma madeira que é mais macia, é mais leve que a madeira encontrada por exemplo nos EUA ou no Canadá ainda que por vezes seja uma mesma espécie.

Além disso é muito recente e ainda muito poucos pontos no Brasil que estão processando a opinião de uma forma adequada ou seja cortando as tábuas, cortando as peças autoclavando trabalhando em secagem estufa de um modo geral o que nós temos aí é uma madeira de péssima qualidade então a culpa não é da árvore sim muitas vezes

das etapas do processo do momento que ela recebe. Então entre as espécies não temos o Ellioti que é o mais comum hoje que é o pinheiro americano que é aquele que tem os anéis de crescimento bem distintos quando você olha a tábua, você já consegue ver o desenho do anel de crescimento esse é o Ellioti é o mais fácil que tem identificar e ao mais comuns de todos eles.

Além dos anéis de crescimento ele é caracterizado pela sua cor é um pouco mais amarelado a um pouco é bem resinoso, ele é uma espécie que em empena muito ele costuma canoar.
https://www.leroymerlin.com.br/localizacao